Início » Americanos não conseguem registrar filho no Brasil para voltar aos EUA
Nacional

Americanos não conseguem registrar filho no Brasil para voltar aos EUA

Arquivo pessoal Casal dos EUA tenta voltar para casa após nascimento de bebê

Casal dos EUA tenta voltar para casa após nascimento de bebê
Arquivo pessoal

Casal dos EUA tenta voltar para casa após nascimento de bebê


Uma criança nasceu prematuramente em Florianópolis, enquanto seus pais norte-americanos estavam de férias em Santa Catarina, e agora enfrentam dificuldades para registrar o nascimento do bebê em cartório.

Na última quinta-feira (16), o pai, Christopher Phillips, revelou ao Portal G1 que o cartório local não permite a emissão da certidão de nascimento da criança, um documento essencial para obter o passaporte.

O casal, residente nos Estados Unidos, está atualmente hospedado em um apartamento alugado por um aplicativo e terá que se mudar pela terceira vez consecutiva. Greysson nasceu há dois meses, com 28 semanas de gestação, e precisou ficar internado por 53 dias.

A previsão era que a criança nascesse em junho, mas ele veio ao mundo em 12 de março, apenas dois dias antes dos pais voltarem para os Estados Unidos.

“O médico nos Estados Unidos a liberou [esposa]. Queriam que ela viajasse. Disse ‘relaxe e aproveite, o último trimestre pode ser difícil, divirta-se agora’”, contou o pai do bebê.

A oficial substituta do Cartório Trindade, Sabrina Costa da Silva Brasil Gonçalves, explicou que o casal foi inicialmente atendido por uma auxiliar que trabalhava como escrevente e que essa funcionária foi retirada da função e não atende mais o público. Ela prometeu entrar em contato com os pais da criança para resolver a situação.

O casal enfrentou dificuldades porque os passaportes norte-americanos não incluem os nomes dos avós das crianças, uma exigência do cartório para o registro.

Para tentar solucionar o problema, os tios de Christopher enviaram documentos originais da família, e o casal entrou na justiça em abril. No entanto, ainda não houve uma decisão judicial sobre o tema.

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Clique aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp.

Fonte: Nacional