Início » Após novos desdobramentos, Lucas Paquetá pode ser banido do futebol inglês; entenda
Esportes

Após novos desdobramentos, Lucas Paquetá pode ser banido do futebol inglês; entenda

O meio-campista Lucas Paquetá, jogador do West Ham, foi denunciado pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA) em maio, sob acusação de suposto envolvimento em um esquema de apostas relacionado a partidas realizadas no futebol inglês entre 2022 e 2023. O brasileiro alega inocência.

A FA alega que Paquetá violou quatro normas das regras de apostas do Campeonato Inglês. Segundo o jornal britânico The Sun, o relatório da FA recomenda o “banimento permanente” do jogador caso ele seja considerado culpado.

Os promotores da Associação consideram as acusações contra o jogador brasileiro ainda mais graves do que casos semelhantes ocorridos anteriormente. Em 2018, o lateral Bradley Wood, do Lincoln City, foi condenado a seis anos de suspensão por receber cartões amarelos de forma intencional em duas ocasiões. Três anos depois, em 2021, o também lateral Kynan Isaac, do Stratford Town, foi punido com 10 anos fora dos gramados por apostar em receber um cartão amarelo para si mesmo.

Paquetá está sendo investigado pelos cartões amarelos recebidos em quatro jogos da Premier League: um contra o Leicester em 12 de novembro de 2022, outro diante do Aston Villa em 12 de março de 2023, um contra o Leeds em 21 de maio de 2023 e, por último, no confronto com o Bournemouth em 12 de agosto de 2023.

As investigações tiveram início em agosto do ano passado e, segundo a acusação, o brasileiro teria deliberadamente recebido as advertências para beneficiar uma ou mais pessoas, com o propósito indevido de afetar o mercado de apostas, conforme comunicado da FA.

Em uma postagem no X (antigo Twitter), Paquetá expressou surpresa e descontentamento com a decisão da FA de acusá-lo: “Estou extremamente surpreso e chateado com o fato de a FA ter decidido me acusar. Cooperei com todas as etapas das investigações e forneci todas as informações que pude durante nove meses. Nego as acusações na íntegra e lutarei com todas as minhas forças para limpar meu nome. Devido ao processo em andamento, não fornecerei mais comentários.”

Apesar das acusações, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) optou por manter a convocação de Paquetá para os amistosos da Data Fifa de junho e para a Copa América. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, afirmou em comunicado que, de forma categórica, o jogador não foi penalizado até o momento pela entidade processante e legitimada para sancioná-lo. Paquetá se apresentou à seleção brasileira e está em concentração para os jogos amistosos contra México e Estados Unidos nos dias 8 e 12 de junho, respectivamente, antes do início da Copa América em 20 de junho.

source