Início » Faculdade revela fraude de ex-BBB no sistema de cotas raciais ao se declarar preto
Educação

Faculdade revela fraude de ex-BBB no sistema de cotas raciais ao se declarar preto

O ex-participante do BBB 24 e atual influenciador digital, Matteus Amaral, foi capaz de burlar o sistema de cotas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFar). A confirmação veio da própria instituição, segundo informações do portal F5.

Em 2014, Matteus Amaral Vargas ingressou no curso de bacharelado em Engenharia Agrícola, oferecido em conjunto com a Unipampa. Sua inscrição foi feita nas vagas destinadas a candidatos pretos/pardos, conforme consta no Edital no 046/2014, que torna público o resultado da seleção para esse curso naquele ano.

Naquela época, a Lei de Cotas de 2012 exigia apenas a autodeclaração do candidato como documento para a inscrição nas cotas. Não havia mecanismo de verificação ou comprovação da declaração do candidato, o que permitiu que fraudes ocorressem. Nenhuma denúncia foi feita na época.

Atualmente, o IFFar utiliza a heteroidentificação como um dos mecanismos para aperfeiçoar a política nacional de cotas. Desde as seleções realizadas em 2022 para ingresso em 2023, cada campus do IFFar possui uma comissão que atua em todos os processos de seleção dos estudantes.

O ex-BBB não se pronunciou até o momento, mas um vídeo acidentalmente publicado por ele mostra sua mãe comentando o caso. No vídeo, ela afirma: “Já ouvi dizer que isso aí não dá nada, se eu me declarei negra, sou negra”. Internautas recuperaram o vídeo e o divulgaram.

Um documento de 2014 disponível no site do Instituto Federal Farroupilha mostra que o estudante Matteus Amaral Vargas, o mesmo do ex-BBB, estava matriculado no curso de Engenharia Agrícola em Alegrete, tendo se declarado como “preto”.

As informações sobre o curso, a data e a instituição corroboram com os relatos de Matteus, que afirma ter trancado a faculdade no quinto semestre.

source